Convulsão febril em bebês e crianças


Oi queridos, tudo bem por aí? Espero que sim!
Hoje quero abordar um assunto muito importante para toda família. Por gentileza leiam até o final. 
Ontem a filha da minha colega a Aninha de apenas 2 anos teve uma convulsão febril por conta da Catapora que veio muito forte.
Hoje a avó da Aninha falou que a bebê está internada. Já estou pedindo para Deus olhar pela pequena.
Minha sogra quem ouviu uma gritaria na rua as 7 da manhã da minha colega pedindo socorro para ajudarem a pequena. Imaginem uma mãe ver sua filhinha tendo uma convulsão na sua frente. Eu não ouvi, pois moro abaixo do nível da rua, embaixo da casa da sogra.
Vou compartilhar com vocês algumas informações importantes sobre a convulsão febril.
Segundo a pediatra Ana Escobar, esse tipo de convulsão é igual as outras, mas acontece em crianças entre 5 meses e 5 anos, quando o cérebro ainda não está totalmente formado e não consegue reconhecer completamente os estímulos.
Existem fatores genéticos que predispõem para a ocorrência da convulsão febril, porém infecções virais, como as gripes e os resfriados, bem como as infecções bacterianas, como infecção de ouvido, sinusite, pneumonia são doenças que podem levar à convulsão por apresentarem febre na sua evolução.
Se a criança começa a ter febre forte, é preciso baixá-la o mais rápido possível para evitar uma possível convulsão. Segundo a pediatra Ana Escobar, um banho morno pode ajudar a baixar a febre entre 37 e 38 graus. A partir dos 38 graus, já é sinal para usar medicamentos, como o paracetamol, dipirona e o ibuprofeno. Mas mesmo com a febre alta, nem toda criança vai convulsionar. Se acontecer, é preciso ir rapidamente para o hospital.


Tratamento das convulsões nos bebês e crianças
A primeira coisa, é baixar a febre da criança. Terá que desnudá-la e passar uma esponja macia, embebida de água morna (não gelada) pelo seu corpo. Não convém imobilizá-la nem colocar nada entre os dentes. Deve-se abrir um espaço ao seu redor para que não faça mal a si mesma e manter a tranquilidade. Quando passar a convulsão, que não deve durar mais de 10 a 15 minutos, leve rapidamente a criança ao pronto socorro mais perto para administração correta de medicamentos.
A crise convulsiva costuma ser um momento muito estressante. A primeira coisa que deve se ter em mente é que a maioria das crises dura menos que 5 minutos e que a mortalidade durante a crise é baixa. Assim, deve-se manter a calma para que se possa, efetivamente, ajudar a pessoa. Medidas protetoras que devem ser tomadas no momento da crise:
• Deitar a pessoa (caso ela esteja de pé ou sentada), evitando quedas e traumas;
• Remover objetos (tanto da pessoa quanto do chão), para evitar traumas;
• Afrouxar roupas apertadas;
• Proteger a cabeça da pessoa com a mão, roupa, travesseiro;
• Lateralizar a cabeça para que a saliva escorra (evitando aspiração);
• Limpar as secreções salivares, com um pano ou papel, para facilitar a respiração;
• Observar se a pessoa consegue respirar;
• Afastar os curiosos, dando espaço para a pessoa;
• Reduzir estimulação sensorial (diminuir luz, evitar barulho);
• Permitir que a pessoa descanse ou até mesmo durma após a crise;
• Procurar assistência médica.
Se possível, após tomar as medidas acima, devem-se anotar os acontecimentos relacionados com a crise. Deve-se registrar:
• Início da crise;
• Duração da crise;
• Eventos significativos anteriores à crise;
• Se há incontinência urinária ou fecal (eliminação de fezes ou urina nas roupas);
• Como são as contrações musculares;
• Forma de término da crise;
• Nível de consciência após a crise.

O que não deve ser feito durante as convulsões


Várias medidas erradas são comumente realizadas no socorro de uma criança com crise convulsiva. O QUE NÃO DEVE SER FEITO:
• NÃO se deve imobilizar os membros (braços e pernas), deve-se deixá-los livres;
• NÃO tentar balançar a pessoa Isso evita a falta de ar.
• NÃO coloque os dedos dentro da boca da pessoa, involuntariamente ela pode feri-lo.
• NÃO dar banhos nem usar compressas com álcool caso haja febre pois há risco de afogamento ou lesão ocular pelo álcool;
• NÃO medique, mesmo que tenha os medicamentos, na hora da crise, pela boca. Os reflexos não estão totalmente recuperados, e pode-se afogar ao engolir o comprimido e a água;
• Se a convulsão for provocada por acidente ou atropelamento, não retire a pessoa do local, atenda-a e aguarde a chegada do socorro médico.
Conversem com o Pediatra e procurem se informar sobre a vacina contra Catapora.
Fontes: Guia Infantil e Bem Estar
Fiquem na Paz.

27 comentários:

  1. Amei a matéria!!!! Tinha uma aluna que tinha crise convulsiva quase que diariamente em sala de aula e o procedimento correto é esse mesmo!!! Lamento muito os pais dela não terem comunicado a escola que ela tinha essas crises para que pudéssemos buscar as orientações corretas do que fazer quando ela vinhesse a ter a primeira crise na escola. Bjos!!!

    ResponderExcluir
  2. Olá, vim te fazer uma visitinha e aproveitar para te convidar para participar do Blogs+.
    Não fique de fora.
    Beijoooooos*

    http://prioridadedemae.blogspot.com.br/2013/11/ola-amigas-e-amigos-blogueiros-hoje.html

    ResponderExcluir
  3. Que chato a convulsão
    A mãe tem que ficar doida mesmo
    Amei as dicas
    Bjkas
    http://segredosdaluma.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Quanto às convulsões
    O que você escreveu estive a ler
    Deixou necessárias recomendações
    Para se for preciso como devem fazer!

    Para você amiga Rê,
    desejo bom fim de semana,
    Um beijo
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  5. Boa noite Rê.. tenho salvo num arquivo sobre a questão da febre.. dependendo o lado que a gente vira o bebe ela abaixa.. não lembro agora sei que é a questão das narinas um recebe o ar quente a outra o ar mais frio que abaixaria a febre. mas tenho de ver no arquivo .. se desejar me peça que te mando.. caso não lembre de mandar. melhoras pra pequenina.. manda energias boas que tudo passa.. e como diz Cristina Cairo.. até os 7 anos se a mae estiver sempre bem emocionalmente o bebe tb estará.. dos 7 aos 14 a criança se liga a energia do pai.. então que a familia sempre esteja em harmonia.. não sei se te mandei mas acho que deveria olhar caso ainda não olhou os videos dela explicando melhor me peça os links que te mando
    lapidandoversos@gmail.com
    bjs e uma linda noite

    ResponderExcluir
  6. Oi, Rê! Vim retribuir sua visita ao meu espaço e achei tudo aqui bonito e interessante... voltarei com certeza. Hoje minha filha tem 18 anos e já pegou catapora, mas nunca tive problemas com convulsão febril. Post muito útil e explicativo. Um abraço!

    ResponderExcluir
  7. Oi R~e, minha irmã teve aos 2 anos de idade e cresci ouvindo a história da convulsão da minha irmã tenho muito medo de febre e não facilito quando o Rafa chega aos 38 já medico ele e marco a pediatra.
    Esse teu post ta repleto de informação e vai ajudar muita gente
    bju
    Estou Crescendo

    ResponderExcluir
  8. Olá Rê realmente a convulsão é muito perigosa.
    As dicas são excelentes!
    Agradeço a sua visita.
    Te desejo um lindo Domingo,beijinhos.

    ResponderExcluir
  9. OiRê, espero que a menina fique logo bem. Já fiz uma oração para ela por aqui.
    Muito bom falar desse assunto de forma bem informativa como você abordou.
    Um post muito útil.
    Um ótimo final de semana pra vocês
    beijos
    Chris
    Inventando com a Mamãe

    ResponderExcluir
  10. amiga sempre tive medo da convulsão
    toda vez que minha Isa tinha febre
    quando chegava aos 37 eu já a medicava se
    continuasse aumentando eu levava para o hospital
    por medo,
    amei a postagem e estarei orando pela pequena
    linda madrugada bjs

    Ser Mamãe Pela Segunda Vez
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
  11. Olá, querida Rê
    Meu netinho nos deu trabalho e preocupação quando pequenino... mas tudo passou, graças a Deus!!!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  12. Se eu pudesse te beijava!...
    Num momento de coragem
    Se eu pudesse te levava
    às nuvens numa viagem

    Te desejo um domingo
    bem passado,
    No teu peito uma flor
    O teu corpo perfumado
    De carinho e muito amor

    Um beijo
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  13. Sempre tive medo de convulsão. Nunca gostei também de esperar a febre muito alta. ´Certa vez vi uma mãe em um consultório pediátrico desesperada pois sua filha estava tendo convulsão. Imagino que fosse novinha. Minha Maria era pequena, na faixa de 3 anos talvez.

    Fiquei emocionada e entrei no consultório chorando. Estava mais sensível a essas coisas. É bom saber as dicas para nos prevenirmos ou se possível ajudar alguém.

    Deus abençoe a pequenininha, sua vizinha. Depois conta pra gente se ela melhorou.

    Beijos e bom domingo.

    ResponderExcluir
  14. Muito bom esse alerta,Rê.

    Eu desconhecia muitos e Deus que proteja a filhinha de sua vizinha.


    Beijinhos e ótimo domingo


    Dryka



    Blog Suas Histórias Nossas Histórias

    ResponderExcluir
  15. Muito bonito a sua intensão de auxiliar alguém,
    Meus parabéns,
    Devemos sempre plantar um semente de boas ações .
    Uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  16. Sempre bom lembrar dessas dicas. Beijo e ótima semana!

    ResponderExcluir
  17. Oi Regiane, obrigada pela visita!
    Nossa, que grave :O
    Já tve criança pequena em casa e sei o quanto isso nos deixa nervosas né?
    Mas achei super bacana de sua parte trazer estas informações aqui pra dividir com a gente. parabéns!
    Beijos!
    Blog May Makeup!

    ResponderExcluir
  18. Isso é complicado mesmo.
    Já presencial caso assim e fiquei doida.
    Quero te convidar para participar de um sorteio no meu blog. Te aguardo viu.
    http://www.educar-oprimeiropasso.com/2013/10/mensagem-um-bom-professor-um-bom-comeco.html
    Papo de Mãe - Toninha Borges
    Educar - o primeiro paso - Toninha Borges

    ResponderExcluir
  19. Nossa sempre morro de medo de convulsão. Aqui quando começa a fevre logo vou tirando as roupas e dou um banho mais para o morno, se aumentar medico, mas fico de olho, se continuar levo para o hospital ou pediatra na hora.
    Que Deus abençõe a pequena, e melhore logo. Imagino o desespero da mãe, muito importante e informativo o post. Bjs
    Vivi e Isaac

    ResponderExcluir
  20. nossa muito informativo o texto eu gostei muito!!!! vim aqui e adorei o blog muita coisa boa por aqui, já estou te seguindo, faço um convite pra você conhecer o meu blog se gostar e quiser me seguir ficarei muito feliz, fique com Deus beijos.
    passando pra desejar uma otima semana!

    http://www.gostandodavida.com/

    ResponderExcluir
  21. Nossa, que desespero. Espero que a menina tenha ficado bem. A vacina contra catapora deveria ser obrigatória e gratuita nos postos de vacinação. Criança nenhuma merece sofrer com doença que já tem vacina.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  22. Deve ser assustador para uma mãe ver o filho ganhando uma convulsão... li o texto todo, pois é bom a gente se manter informado. Legal tu compartilhar estas dicas, ainda mais baseada na experiência de uma pessoa próxima.

    ResponderExcluir
  23. Nossa deve ser uma coisa assustadora para uma mãe ver seu filho desse jeito, tenho pavor de febre ontem minha pequena Mariana estava com febre então dormiu comigo e o pai para melhor prestar o socorro necessários, por ora e glória do senhor hoje amanheceu melhor.

    Tri-beijos Desirée
    http://astrigemeasdemanaus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Obrigada por ter colocado o selinho,Rê. Estava estudando e vou ter que acordar em 4 horas para trabalhar.

    Adoro seu blog!


    Vou ver mais umas coisinhas aqui.

    Consertei o atalho do meu face book.

    Se tiver,me adiciona lá,ok?

    Beijinhos madrugadores

    Dryka



    Blog Suas Histórias Nossas Histórias

    ResponderExcluir
  25. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Que bom que você veio, fique à vontade!
Seu comentário é muito importante para mim!
Deixe seu link para que eu possa retribuir sua visita.
Se me seguir ou linkar, me avise! Gentileza gera gentileza.
Beijo carinhoso.



.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Femme Digital - 2016. Todos os direitos reservados.
Personalizado por: Regiane Leite - Programação - Emporium Digital-.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo