Videogame é pior que Pornografia?




Imaginem só, em declarações à revista PC Mag, o ator pornográfico Ron Jeremy, defendeu a indústria pornográfica argumentando que os videogames exercem uma influência mais negativa nas crianças do que a pornografia. 
Durante uma conversa no evento AVN Adult Entertainment Expo, o ator falou sobre a pornografia e a Internet, argumentando que existem aí fora piores influências para as crianças do que os filmes pornográficos, dando como exemplo o exemplo dos videgames.
"Segundo o ator pornô, estudos demonstraram que os videogames violentos são uma influência negativa muito maior que a pornografia. 
O ator comentou ainda na sua conferência, que os pais deveriam familiarizar-se mais com a Internet para conhecer melhor os tipos de conteúdos a que acedem os seus filhos.
Era só o que faltava...
O que vocês acham disso ?

15 comentários:

  1. Acho que viagra resolve o sentimentos de frustração que esse ator deve estar sentindo...
    HWUAHWUhAUWuaHWUhAW!!

    ResponderExcluir
  2. Nossa, seu blog é lindo. Adorei o desenho aí emcima. Show!
    Obrigada pela visita
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Ai "Gambas" seu bobo, cheio de graça...
    Mas é sério, os jogos Hentais são piores que os filmes pornôs, mas o ator falou sobre os games violentos que vem com faixa etária e tal.
    Dessa forma os games serão mal vistos pelos pais.

    Alice, obrigada querida e volte sempre! Adorei o seu também.
    Bj

    ResponderExcluir
  4. video game deixa a criança mais inteligente (tirando os violentos), e as revistas são para NÃO fazer os meninos acharem que meninas tem penis. o que tem de mal nos dois?
    bjs.

    ResponderExcluir
  5. Realmente, Brenda. Tem pai que coloca o filho pra jogar GTA e acha lindo! Quando era casado, minhas meninas jogavam jogos de dança, simulação, pluzze. No máximo, jogavam um Tomb Raider... mas eu incentivava elas a jogarem sempre multiplayer. Esse de dança, o "Bust-A-Groove 2" era demais! Elas adoravam jogar, ainda mais comigo, que sou viciado naquilo!

    Jogos hentai são piores sim, mas putz, pra achar um jogo daqueles tem que ralar, sem falar que são frustrantes pois não é só clicar e clicar; tem que escolher a resposta certa e pra isso é preciso certo domínio de idioma estrangeiro.

    E aqui no Brasil nem tem essa classificação... por isso é que tá uma baderna! HUWAHWUHAUWhUAHW!!

    ResponderExcluir
  6. Pois é petrucian [[[456]]] nem todoa pensam desta forma, fazer o que né?
    É a vida...
    bj

    ResponderExcluir
  7. 'Gambas" eu adoro jogos de dança!
    Sabe aquelas máquinas que tem no shopping?
    Não sei se aí onde você mora tem, mas aqui tem. Eu amo ficar seguindo as setas, tipo Guitar Hero com os pés, não me lembro o nome agora, e no XBOX também já joguei.
    Enfim, hoje está tudo uma bagunça mesmo, a maioria dos pais não estão nem aí para o que os filhos jogam, assistem ou fazem.
    Um mundo sem regras, sem nada, onde vamos parar?
    bj

    ResponderExcluir
  8. Acho que depende. Existem varios tipos de videogames, tanto os violentos quanto os educativos. Mas pornografia é sempre pornografia.

    ResponderExcluir
  9. Eu creio que o comentário do ator em questão, foi uma forma que ele teve de dizer: "Não é 'só' a pornografia que atrapalha os jovens".
    Mas como disse a Nathália ai acima: Pornografia é sempre pornografia.

    Mas comparar um jogo violento como GTA, e uma guerra nos países árabes não tem nada haver.

    PS: O blog é muito bom. Parabéns "Lady".

    ResponderExcluir
  10. Tem gente que fala muita merda.
    Esse cara deveria ter calado a boca para falar uma asneira dessas.

    ResponderExcluir
  11. É Felipe, é como a Nathália :) disse e o Samus completou.
    Pornografia é pornografia, acho que não tem comparação.
    Mas os jogos violentos dependendo, também podem interfirir no caso de crianças e pessoas que se deixam influenciar.

    ResponderExcluir
  12. Vejo uma daquelas situações em que fico atado, algo que não consigo concordar ou discordar totalmente, fazendo uma verdade em fatos.

    Sempre há pessoas que precisam de uma pequena faísca para dar início ao estopim da humanidade deturpada, então qualquer lado pode dizer que detém a verdade e tentar persuadir qualquer um.

    É basicamente como nas conversas sobre aborto e legalização das armas no ensino médio, sempre havia o ponto contra e em qualquer posição não havia como discordar ou concordar totalmente.

    Existem pessoas boas, ruins e as inertes que se subdividem em boas e ruins. Mas é tudo muito equilibrado, assim como se vê coisas ruins, se vê coisas boas. Se todos fossem inertes, mesmo sendo de natureza totamente boa ou totalmente má, a humanidade seria neutra, porque guardam suas ações em suas mentes, executando-as apenas no imaginário.

    Talvez a humanidade em si seja uma má influência, afinal tudo o que se vê é o reflexo de suas ações.

    A menta aberta nunca deixa que imponham verdades, sempre busca a história e assim enxerga sempre dois lados, faz o balanço e nunca entra em consenso, porque não existe verdade que encaixe corretaente em todos os mundos.

    Claro, essa é a minha opinião, que sempre muda, uma vez que sempre é possível fazer novas análises sobre diferentes pontos de vista ou depende do que você realmente quer enxergar.

    ResponderExcluir
  13. Falou e disse Takashi, é bem por aí mesmo.
    Como você disse, a humanidade em si é uma má influência, afinal tudo o que se vê é o reflexo de suas ações.Isso é uma verdade.

    ResponderExcluir
  14. Ele tem que vender o peixe dele, não é mesmo?
    Eheheheh

    ResponderExcluir

Que bom que você veio, fique à vontade!
Seu comentário é muito importante para mim!
Deixe seu link para que eu possa retribuir sua visita.
Se me seguir ou linkar, me avise! Gentileza gera gentileza.
Beijo carinhoso.



.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Femme Digital - 2016. Todos os direitos reservados.
Personalizado por: Regiane Leite - Programação - Emporium Digital-.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo